Últimos assuntos
» CRIAÇÃO DE PECULIARIDADES
por Minna Umauni Sab Mar 17, 2018 2:12 am

» REGISTRO DE FACECLAIM
por Minna Umauni Sab Mar 17, 2018 1:21 am

» 1° Episódio: O retorno de Diamond e Swift!
por Yamin Qui Mar 15, 2018 2:28 am

» A Grande Mudança
por OTheRealPH Dom Mar 11, 2018 7:03 pm

» Tokyo Sexwale
por Okura Sab Mar 10, 2018 11:13 pm

» Feline Fury
por O Emperador Dom Fev 18, 2018 1:19 pm

» God’s Vision
por O Emperador Dom Fev 18, 2018 1:02 pm

» [FP] Yakuzo Shimada
por Yakuzo Shimada Ter Fev 13, 2018 10:06 pm

» Com grandes poderes vem grandes oportunidades!
por Yamazaki Raizo Sab Fev 10, 2018 2:02 am

» Hollow
por O Amaldiçoado Sab Fev 10, 2018 1:48 am

» The Line Bender
por O Amaldiçoado Sab Fev 10, 2018 1:48 am

» Know Why the Nightingale Sings?
por Bijin Seg Fev 05, 2018 12:09 pm

» SOLICITAÇÃO DE NARRADOR
por Bluesday Dom Fev 04, 2018 11:38 pm

» [PEDIDO DE MISSÃO] - Howker's
por O Mestre Dom Fev 04, 2018 7:59 pm

» [PEDIDO DE MISSÃO] - Howker
por O Emperador Dom Fev 04, 2018 2:39 pm

» [FP] Raegar Howker
por O Emperador Dom Fev 04, 2018 2:34 pm

» [FP] Raegar Howker
por O Emperador Dom Fev 04, 2018 2:34 pm

» [FP] - Nico Howker
por O Emperador Dom Fev 04, 2018 2:33 pm

» I - Two and a Half Women
por Ceji Sab Fev 03, 2018 3:35 pm

» Luz, Câmera e Ação.
por Wa_Shiranai Seg Jan 29, 2018 4:09 pm

Nombre apellido
Mejor héroe
Nombre apellido
Mejor Villano
Nombre apellido
PJ más activo
Parceiros

Élite 2/40

Bring Me The Horizon - Down

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Bring Me The Horizon - Down

Mensagem por O Mago em Ter Dez 05, 2017 2:20 pm

Missão
Civil: Ashelia Revenant

bazinga!

_________________
avatar
Supremos
Mensagens :
83
Data de inscrição :
18/09/2017

O Mago
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bring Me The Horizon - Down

Mensagem por Valkiria em Sex Dez 08, 2017 10:24 am

Apesar de ter chegado ao japão em um jatinho particular era extremamente cansativo uma viagem de dez horas, no entanto assim que a aeronave pousou pude reconhecer que minha vida antiga ficava para trás. Nada mais da influência dos Revenant ou qualquer outra regalia que a boa herança e o dinheiro poderiam me dar, sendo assim acho que deveria contar apenas com a boa educação que me foi dada. Ao sair do aeroporto me despeço de modo sincero do piloto, uma nova vida me aguardava na terra do sol Nascente.

O fato era que eu deveria ao menos seguir para um hotel, mas de acordo com o cronograma me apresentar e de quebrar conseguir um dos dormitórios da academia Ha High eram a melhor escolha para o momento. Enquanto esperava um táxi saboreava uma Bala chamada ‘Flower kiss candy Hana Kutizuke’. Enquanto a mastigava simplesmente assenti com meus pensamentos, daqui para frente evitaria escolher coisas sortidas.

Minha atual situação era engraçada, havia largado tudo para entrar em uma das academias com as mais altas taxa de desistência, sendo assim isso agregava ainda mais minha determinação em fazer parte disso, mas além disso o medo de falhar era real, quase como uma dor de estomago, um sentimento estranho mas que de certa forma me incomodavam de um modo ruim. Não poderia retornar com um grande sorriso para a casa.

Assim que o táxi chegar me apresentaria com o habitual sotaque europeu, era extenuante me apressar a perder tal coisa, pois eu tenho quase certeza que a perderia de maneira natural.

— Etoo… Hyotei academia-ja na! —

Até o momento tinha apenas uma grande mala com rodinhas e uma mala de mão, poucas coisas, pois não era um passeio. Eu considerava que meus pertences era essencial para uma adolescente, bem ao menos eu acho que me enquadro em uma adolescente comum. Assim que confirmado o local, entraria no veiculo escolhendo sentar nos bancos de tras com a intenção de seguir para as mediações da escola.



Objetivos.:
Apenas ser aceita na Hyotei academia como aluna.
avatar
Mensagens :
20
Data de inscrição :
30/11/2017
Idade :
14
Localização :
Osaka - japão.

Valkiria
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bring Me The Horizon - Down

Mensagem por dragonmbr em Sab Dez 09, 2017 12:08 pm

Era uma manha linda em Osaka quando Ashe desceu do avião, a temperatura estava agradável e um vento refrescante balançava os cabelos da garota. Não demorou muito para que Ashe descesse saísse do aeroporto carregando somente sua bagagem de mão e entrasse em um taxi.

— Etoo… Hyotei academia-ja na! —

Ashe falou para o taxista, assim que guardou suas malas no carro e entrou no banco traseiro do veiculo. O Homem, já era um senhor de aproximadamente 50 anos e possuía um pequeno volume em sua barriga, o sorriso dele era simpático e possuía olhos gentis. Quando ouviu a Ashe falar que queria ir para a escola, ele do banco do motorista se virou para olhar para Ashe melhor que estava no banco de trás e falou.

-bom dia acabou de chegar no japão? A escola esta fechada, não esta recebendo ninguém agora, gostaria de ir para outro lugar? -

Historico:
POST: 1
HP: 60
SP:50
DF: 12
CA: 2
QUALIDADES: Espirito de herói e aparência agradável
DEFEITOS: Código de heróis, síndrome da princesa peach, orgulho e Odio.
PERICIAS: inglês, lábia e física
GANHOS:
PERCAS:
RESUMO: Ashe saiu do aeroporto e pegou um taxi.
avatar
Narrador
Mensagens :
66
Data de inscrição :
23/10/2017

dragonmbr
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bring Me The Horizon - Down

Mensagem por Valkiria em Dom Dez 10, 2017 6:20 pm

Compreendendo as circunstância solto um breve “Ah…” Era assim que estava então… Aceitando o fato, mas ainda sim - achando uma total falta de profissionalismo,  concordo em ser levada para um outro local. Mas de certa forma a ideia de processar tal instituição que aceita alunos internacionais e nem ao menos tem a estrutura para acomodá-los após a viagem me deixava enojada, bem...

— Um minuto, deixa eu conferir aqui. — Comentei enquanto desviava um pouco do meu mal humor para outro tópico.

Apesar da mudança de curso confirmo um outro endereço, não deveria haver problemas. Ao confirmar com as dezenas de anotações do meu iphone torno a pedir para um outro local.

— Ah, Dotonbori Street, anexo C. Um hotel chamado Shindan-ja. —


Franzi a testa ao pronunciar o nome pois havia alguma referência estranha na qual eu não deveria explicar para o momento... Em minha cabeça deveria perder o hábito de esperar o mesmo tratamento de quando eu estava na suíça, mas seria um hábito difícil e incoerente da minha pessoa escolher um hotel simples e sem nenhuma estirpe, vamos seguir o meu instinto e seguir para ao menos um local decente. Enquanto a viagem seguia me pego conversando com o motorista.

— Motorista-san. Você tem um cartão? —

O homem parecia honesto e isso facilitava puxar uma conversa de forma casual. Enquanto esperava algum tipo de resposta começo a preparar algumas outras perguntas.

— A agência Strike fica longe da Dotonbori Street-ja? Eles são bem diligente, ao menos é essa a sensação do vídeo deles no youtuber. — Continuando a viagem enquanto ouvia as historia do motorista me concentraria na paisagem de Osaka.

Ao fim da viagem estaria pronta para aceitar aquele novo cenário, nada de vida escolar por enquanto, assim considerando isso, estava longe de arranjar algum emprego de meio período, ou seja iria visitar todos os pontos turístico de Osaka enquanto a escola estaria fechada.

— Então motorista-san então quando a academia abrir irei ligar para você-ja. —
Uma breve mesura agradecendo as informações do motorista e o pagando, seguiria para o hotel.
avatar
Mensagens :
20
Data de inscrição :
30/11/2017
Idade :
14
Localização :
Osaka - japão.

Valkiria
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bring Me The Horizon - Down

Mensagem por dragonmbr em Seg Dez 11, 2017 12:11 pm

O motorista esperou pacientemente enquanto Ashe mexia em seu celular, após alguns estantes ela falou o novo objetivo da viagem:


- O lugar é um pouco longe, então vai demorar um pouco a viagem. -


Dizendo isso ele começou a dirigir, as ruas estavam bastante movimentadas, mas o motorista não demostrava familiaridade em dirigir nesse transito. No caminha Ashe perguntou para o mesmo:


[color=#ffffff]— Motorista-san. Você tem um cartão? —

- Claro já pego pra você.-

O motorista pegou de seu porta luva um cartão e entregou para Ashe sem tirar os olhos das estradas, no cartão havia uma foto do taxi dele, seu nome “Gragas” e o numero telefônico. O caminho era longo, então o motorista contou um pouco da historia da cidade e seus pontos mais importantes(basicamente você sabe toda a descrição da cidade).

— A agência Strike fica longe da Dotonbori Street-ja? Eles são bem diligente, ao menos é essa a sensação do vídeo deles no youtuber. —

- na realidade fica, mas se você pega o metro é uns quinze minutos de viagem-

Após meia hora de viagem finalmente Ashe havia chegado em seu destino. Gragas para o taxis em frente ao hotel que Ashe havia mencionado anteriormente e fala para mesma.

- Bem vinda a Osaka, te desejo boa sorte quando for fazer o teste-
— Então motorista-san então quando a academia abrir irei ligar para você-ja. —

- Estarei esperando sua ligação-

Gragas respondeu rindo com a possibilidade de ter ganhado uma nova cliente fixa. Ashe desceu do taxi e foi em direção ao hotel. (que não vou dar a descrição... já que você que inventou ele, pode falar como é no próximo post) na recepção uma mulher bem vestida atras de um balcão falou.

-Bom dia, no que posso ajudar?-


Historico:
POST: 2
HP: 60
SP:50
DF: 12
CA: 2
QUALIDADES: Espirito de herói e aparência agradável
DEFEITOS: Código de heróis, síndrome da princesa peach, orgulho e Odio.
PERICIAS: inglês, lábia e física
EXTRA: conheceu um taxista chamado Gragas muito gentil
GANHOS:
PERCAS:
RESUMO: Ashe saiu do aeroporto e pegou um taxi, que a levou para um hotel.
avatar
Narrador
Mensagens :
66
Data de inscrição :
23/10/2017

dragonmbr
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bring Me The Horizon - Down

Mensagem por Valkiria em Qua Dez 13, 2017 7:28 am

Me perdi por breves minutos enquanto acompanhava a paisagem da cidade movimentada, mas o que me surpreendeu de verdade era o conhenhecimento do motorista sobre a cidade, simplesmente extenso e bem sólido. Assim que voltei a prestar atenção ao motorista imaginei que o aeroporto estava perto da cidade, mas estava redondamente enganada, meia hora de carro era equivalente a mais ou menos dezoito quilômetros e isso havia me pegado desprevenida. Ao fim da viagem agradeço ao motorista seguindo até o hotel com minhas mala de rodinha e a de mão.

O hotel Shindan era um tanto diferente dos habituais hotéis da Dotonbori Street, certamente não era por seu glamour ou serviços beirando a perfeição simplesmente era um hotel ocidental pronto para receber estrangeiros a qualquer hora. Ou seja eu poderia considerar usar outro idioma sem ser o japonês, facilitando em muita a minha maneira de se expressar. Para chegar até a porta deveria subir três escadas de ardósias negras, assim enquanto os raios do sol eram bloqueado pelo toldo parei e olhei através da porta de vidro transparente. Ali havia dezenas de adesivos de empresas e até mesmo bandeira de alguns países; Alemanha, Rússia. Ah e ali estava a da suíça. Não que isso fosse alguma confirmação que seus hóspedes detivessem a nacionalidade dos adesivos, mas já era um começo ver algo nostálgico.

Empurrei a porta alguns centímetros, sendo suficiente para sentir a mudança de temperatura escapando pela frestas, simplesmente era algo comum. “Ar condicionado”. Havia uma escadaria á extrema esquerda do balcão, esta que provavelmente levava aos andares superiores e ao seu lado três elevadores, enquanto o balcão se encontrava ao centro do salão. Cadeiras e até mesmo uma poltrona de massagem se encontravam entre mim e o balcão da atendente, até ali não deveria ser mais do que vinte e cinco passos, consciente disso entrei pela porta dupla arrastando minha mala pelo saguão caminhado até a atendente.

Me perguntava como deveria fazer isso, ao momento apenas caminhei. “Você precisa tomar o papel de turista.” Esta era minha própria resposta ou seria proposta? Parei em frente ao balcão me concentrando em usar o inglês para me apresentar e conversar com a recepcionista.

— Bom dia busco um quarto para solteira e pretendo ficar por três dias ou até mesmo mais, dependendo da demora para abrirem a academia Hyoutei. Existe alguma disponibilidade? —

Fiquei em silêncio esperando a resposta da mulher, assim algo me veio a mente. E se eu colocasse parte da conta da minha hospedagem para a escola pagar? De imediato descarto a ideia eu mesma deveria ter me organizado melhor para a viagem e não ter dependido da escola.

— Hmm, vou querer apenas o serviço de café da manhã. E minhas malas são apenas essas. —

Eu deveria considerar a diferença de horário e ir dormir, pois querendo ou não  o Jet lag estava começando a me afetar. Assim que assinado a papelada e pagando antecipadamente os três dias de hospedagem seguiria para o quarto se assim fosse possível.

Vou trancar a porta arrumar minhas malas e tomar um banho! Colocar meu pijama e ir dormir ao menos doze horas, assim mato tempo até o café da manha com isso pela manha começo a me habituar pela cidade, se fosse possível eu assim faria.
avatar
Mensagens :
20
Data de inscrição :
30/11/2017
Idade :
14
Localização :
Osaka - japão.

Valkiria
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bring Me The Horizon - Down

Mensagem por dragonmbr em Qui Dez 14, 2017 1:10 pm

Ashe respondeu a atendente educadamente. — Bom dia busco um quarto para solteira e pretendo ficar por três dias ou até mesmo mais, dependendo da demora para abrirem a academia Hyoutei. Existe alguma disponibilidade? — A atendente com um sorriso no rosto respondeu-Sim, fiquei sabendo que a escola teve que fechar de ultima hora para reformas, realmente um grande transtorno para os alunos que não tiverem tempo de serem avisados, nos temos alguns quartos sim. -

— Hmm, vou querer apenas o serviço de café da manhã. E minhas malas são apenas essas. — novamente falou Ashe o que pretendia. A atendente apenas sorriu e pegou uma chave atrás de seu balcão e entregou para Ashe enquanto falava. -O custo por três dias vai ficar 150(dinheiro do rpg), seu quarto é no quinto andar numero 132. -. Após isso Ashe pagou e foi em direção ao elevador.

Uma musiquinha agradável tocou enquanto Ashe subia pelos andares, mas não teve tempo de aproveitar muito a musica, já que logo chegou seu andar. Não teve dificuldades em achar seu quarto. Não era muito luxuoso, mas nem de longe era considerado precário. Havia uma cama de casal grande, com lençóis brancos, um ar condicionado, uma escrivaria que tinha uma em cima informando a senha do wifi, armários e um banheiro confortável.

Ashe estranhando o fuso horário apenas resolveu guarda sua mala e entrar no banheiro. O chuveiro tinha uma boa pressão, dando uma sensação prazerosa enquanto a agua se chocava contra sua pele ensaboada. O banho não durou muito Ashe usou uma das toalhas fornecidas pelo Hotel para se enxugar, depois vestiu seu pijama e foi direto para a cama.

Existia alguns barulhos fora do quarto de passos, de crianças que ainda não tinham a capacidade de controlar o próprio tom de voz e de vez enquanto algum atrapalhado deixava algo barulhento cair. Mas nada que atrapalhasse o sono de Ashe aconteceu. Ela acordou muitas horas depois. Olhando pela janela de seu quarto ela podia ver entres os prédios que ainda não amanheceu. Mas não demoraria muito mais para amanhecer, já que se ela olhasse para o relógio descobriria que era 6 horas.


Historico:
POST: 3
HP: 60
SP:50
DF: 12
CA: 2
QUALIDADES: Espirito de herói e aparência agradável
DEFEITOS: Código de heróis, síndrome da princesa peach, orgulho e Odio.
PERICIAS: inglês, lábia e física
EXTRA: conheceu um taxista chamado Gragas muito gentil
GANHOS:
PERCAS: 150 (gold)
RESUMO: Ashe saiu do aeroporto e pegou um taxi, que a levou para um hotel. Passando a noite no mesmo.
avatar
Narrador
Mensagens :
66
Data de inscrição :
23/10/2017

dragonmbr
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bring Me The Horizon - Down

Mensagem por Valkiria em Qui Dez 21, 2017 6:50 pm

Me espreguicei como uma gatinha assim que despertei. Não, não era minha intenção demonstrar tal postura, mas considerando que estava sozinha no quarto não resistir em me deixar levar pela atmosfera.  Ainda deitada olhei para a janela notando a escuridão do lado de fora, naturalmente levei meus olhos ao relógio digital na parede do quarto confirmando que eram Seis horas da manhã. Ainda deitada olhei para o teto relembrando dos momentos antes de cair em sono profundo no dia anterior.

“Os vizinhos certamente eram barulhentos mas considerando que minha maior adversidade foram apenas crianças brincando e correndo pelos corredores eu estava muito bem com isso”

Lentamente me forcei a me levantar da cama, não por estar cansada, mas sair das cobertas era algo que eu deveria reunir uma pequena parcela de coragem. Não, não me considere uma garota relaxada, mas quando você não tem nenhuma ideia do que o futuro aguardava, precisamente quando seus planos são frustrados você iria desenvolver uma certa empatia pelo meu estado atual. Alias, me senti em um estado mórbido devido as adversidades da semana, deveria ao menos explicar a razão de querer descansar mais um pouco, mas tinha de seguir em frente então para o momento apenas deixaria tal coisa arquivada como ‘coisas da vida’. Liguei o noticiário e aumentei o volume de modo que conseguiria ouvir por todo o quarto, assim que feito me preparei para o dia que estava por vir.

Após concluir todos os hábitos de higiene matinal e até mesmo tomar mais um banho; me vesti com uma peça íntima branca e uma saia flanelada com até dois dedos abaixo do joelho e uma camiseta com os dizeres “Yes We Ken”. Enquanto em minha cintura estava um casaco leve preso.

Fechando a porta do quarto 132 lancei um breve olhar pelos corredores que provavelmente se encontrariam vazios naquela hora da manhã, naturalmente estaria indiferente á passagem de desconhecidos pois meu objetivo seria o café da manhã. Segui para o café  convicta que me alimentaria decentemente, assim que feito tornaria a ir para fora.

Olhei para as horas com um sorriso sincero, seria a hora do Rush e em Osaka não seria diferente, sendo assim caminharia até o metro mais proximo, pronta para seguir viagem até o castelo de Osaka. Este que seria meu primeiro ponto turístico para a semana.
avatar
Mensagens :
20
Data de inscrição :
30/11/2017
Idade :
14
Localização :
Osaka - japão.

Valkiria
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bring Me The Horizon - Down

Mensagem por dragonmbr em Sex Dez 22, 2017 2:57 pm

Ashe acordava e se espreguiçava deforma semelhante a uma gata, embora  se estivesse acompanhada por alguém seu rosto estivesse provavelmente vermelha de vergonha, estando sozinha não tinha problema. Reuniu uma tremenda coragem para  sair de seus cobertores. Fez suas necessidades básicas e higiene pessoal   e foi se arrumar para sair.

Os corredores não estavam vazios, como Ashe achava, ela via algumas pessoas saindo engravatadas carregando maletas. Essas pessoas nem se importaram em olhar para ela enquanto caminhavam rapidamente até o elevador. Ashe desceu após esperar um pouco para descer, pois um desses engravatados não quis segurar o elevador para ela descer junto.   Mas conseguiu chegar ao saguão do hotel. Lá havia um folheto  falando os pontos turísticos da cidade.

O Sol ainda não havia aparecido, mas a cidade já estava movimentada, varias pessoas estavam indo trabalhar, era possível ver até um carro distribuindo jornal nos prédios. Enquanto andava Ashe viu uma criança encapuzada indo em direção a mesma, ela trombou em Ashe mesmo tendo bastante espaço na rua, e continuou seguindo em frente. O que Ashe faria? Continuaria seguindo seu objetivo?
Historico:
POST: 4
HP: 60
SP:50
DF: 12
CA: 2
QUALIDADES: Espirito de herói e aparência agradável
DEFEITOS: Código de heróis, síndrome da princesa peach, orgulho e Odio.
PERICIAS: inglês, lábia e física
EXTRA: conheceu um taxista chamado Gragas muito gentil
GANHOS:
PERCAS: 150 (gold) ou 1000  
RESUMO: Ashe saiu do aeroporto e pegou um taxi, que a levou para um hotel. Passando a noite no mesmo.
avatar
Narrador
Mensagens :
66
Data de inscrição :
23/10/2017

dragonmbr
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bring Me The Horizon - Down

Mensagem por Valkiria em Qua Dez 27, 2017 10:48 am

Eu estava mais atenta ao cotidiano das pessoas ao meu arredor do que a criança de capuz na qual havia me esbarrado propositalmente, claro foi um grande erro. Ao tombar com o garoto encolhi brevemente os braços de modo que me obriguei a me virar e olhar para sua silhueta que se afastava, demonstrando um cenho franzido mas mantendo a compostura sigo em  em frente.

“Nem para se desculpar que pessoa mal educada! “

Não dei mais do que meia duzias de passos quando senti que algo estava errado, estava mais leve, constatei. Apalpei minha blusa seguindo até a cintura até os bolsos do casaco este enrolava em minha cintura, havia perdido algo. De modo consciente refiz meus passo mentalmente me lembrando claramente que até a saída do hotel ainda estava com minhas coisas; carteira, celular.

Não precisava ser nenhum gênio para entender que aquele encontro fora um furto, muito bem efetuado por sinal. Mas havia uma questão que de certa forma me faria perseguir o culpado até mesmo transcendendo a roda de samsara, meu celular tinha sido levado. Eu não queria entrar em detalhes, mas todos deveriam compreender que meu celular( De uma Revenant) tinha alguns arquivos que eu realmente não poderia deixar cair nas mãos de desconhecido, havia passado tanto tempo pedindo para criptografar os arquivos evitando de ser hackeada, mas ser exposta por um furto estava fora das minha perspectivas.

Me virei em passos largos praticamente correndo contra o fluxo de pessoas que seguiram para seu trabalho e coisas da vida, prioridade, prioridade. Enquanto refazia meus passos e praticamente procurava pela a pessoa na qual não tinha desconfiado inicialmente, pedia desculpas e seguia em frente, tentando ser ágil o suficiente para encontrar o ladrãozinho ou ao menos eu imaginava isso.

Ser furtada no japão é algo estranho… Conclui  enquanto continuava em sua perseguição.
avatar
Mensagens :
20
Data de inscrição :
30/11/2017
Idade :
14
Localização :
Osaka - japão.

Valkiria
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bring Me The Horizon - Down

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum