Últimos assuntos
» 1° Episódio: O retorno de Diamond e Swift!
por Monstro Hoje à(s) 12:10 am

» Tokyo Sexwale
por Okura Ter Fev 20, 2018 4:40 pm

» CRIAÇÃO DE PECULIARIDADES
por O Emperador Dom Fev 18, 2018 1:19 pm

» Feline Fury
por O Emperador Dom Fev 18, 2018 1:19 pm

» God’s Vision
por O Emperador Dom Fev 18, 2018 1:02 pm

» A Grande Mudança
por Shino7 Qua Fev 14, 2018 1:45 pm

» [FP] Yakuzo Shimada
por Yakuzo Shimada Ter Fev 13, 2018 10:06 pm

» REGISTRO DE FACECLAIM
por Yakuzo Shimada Ter Fev 13, 2018 9:43 pm

» Com grandes poderes vem grandes oportunidades!
por Yamazaki Raizo Sab Fev 10, 2018 2:02 am

» Apparition
por O Amaldiçoado Sab Fev 10, 2018 1:48 am

» The Line Bender
por O Amaldiçoado Sab Fev 10, 2018 1:48 am

» Know Why the Nightingale Sings?
por Bijin Seg Fev 05, 2018 12:09 pm

» SOLICITAÇÃO DE NARRADOR
por Bluesday Dom Fev 04, 2018 11:38 pm

» [PEDIDO DE MISSÃO] - Howker's
por O Mestre Dom Fev 04, 2018 7:59 pm

» [PEDIDO DE MISSÃO] - Howker
por O Emperador Dom Fev 04, 2018 2:39 pm

» [FP] Raegar Howker
por O Emperador Dom Fev 04, 2018 2:34 pm

» [FP] Raegar Howker
por O Emperador Dom Fev 04, 2018 2:34 pm

» [FP] - Nico Howker
por O Emperador Dom Fev 04, 2018 2:33 pm

» I - Two and a Half Women
por Ceji Sab Fev 03, 2018 3:35 pm

» Luz, Câmera e Ação.
por Wa_Shiranai Seg Jan 29, 2018 4:09 pm

Nombre apellido
Mejor héroe
Nombre apellido
Mejor Villano
Nombre apellido
PJ más activo
Parceiros

Élite 2/40

XP XP XP XP XP XP

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

XP XP XP XP XP XP

Mensagem por O Mestre em Qui Out 26, 2017 7:37 pm

MISSÃO
Civil:  Edward Ludvig e Sven Ludvig

bazinga!

_________________

"É inverno no inferno e nevam brasas
Por favor, escondam-se todos em suas casas
Pois o anjo caído voa com novas asas"
avatar
Supremos
Mensagens :
273
Data de inscrição :
18/09/2017

O Mestre
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XP XP XP XP XP XP

Mensagem por dragonmbr em Qui Out 26, 2017 8:43 pm

O avião havia acabado de pousar em Tóquio, isso era ótimo, não via a hora de sair do maldito avião. Pegaria minhas malas de mão e também as malas de mão do meu irmão, passando para ele as mala dele. Após isso sairia do avião me espreguiçando e respirando fundo então falar -O ar aqui até que não é tão poluído, pensei que não dava nem pra ver um palmo a sua frente -. Caso não desse para ver um palmo a sua frente eu iria dar um grito com todo o folego do meu pulmão -NARRADOR CUZÃO!!- . Assim que passasse por todos os procedimentos do desembarque eu iria virar para meu irmão e falar -Tó com fome!!! Vamos comer!! - feito isso sairia procurando comida, sem esperar a resposta do meu irmão, confiante que ele viria atrás de mim.

Não conhecia muito bem a cidade, mas esperava encontrar comida logo, pelas mangas que eu lia e anime que assistia sempre tinha barraquinhas de ramen no Japão e estava curioso para saber o gosto do Ramen. Se após 30 minutos de busca eu não achasse um estabelecimento que vendia Ramen, eu iria perguntar para algum NPC que estivesse na rua -Ó NPC que só existe para me indicar a direção da barraca de Ramen mais próxima, pode me indicar a direção da barraca de Ramen mais próxima? - Caso o NPC me indicasse eu agradeceria o mesmo -Muito obrigado NPC por cumprir seu motivo de existência, agora pode desaparecer em paz assim que eu me afastar de você. - No caso do NPC não cumprir sua função de existência eu falaria -Que pena você ser um NPC tão lixo que nem serve para cumprir o motivo da sua existência -.  Após eu falar isso iria me afastar do NPC que perguntei esperando que ele sumisse logo. Continuaria perguntando para outros NPCS até achar a loja de Ramen. Se meu irmão tomasse a frente para conversar com os NPCS tentaria não me envolver, mas se notasse que o NPC estava demorando para responder meu irmão eu falaria -Puta que pariu!!! Que NPC lerdo... -

Quando chegasse na loja de Ramen, eu iria rapidamente fazer meu pedido -NPC que faz ramen  Quantos custa o ramen?  -  Se fosse dentro do meu orçamento eu iria pedir -Me faça um  Ramen caprichado!- Caso não tivesse sucesso em minha busca para o ramen, eu olharia para o Céu e gritaria -Puta que pariu em narrador, eu podia ta pedindo uma arma, uma casa, roubando, agredido  os outros, mas não eu só queria um ramen, e nem isso tu fez! Tá de sacanagem?? - feito isso tentaria chutar uma pedra tentando descontar minha raiva, se não achasse nem uma pedra falaria mal humorado -STODDER!(filha da puta) -
avatar
Narrador
Mensagens :
66
Data de inscrição :
23/10/2017

dragonmbr
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XP XP XP XP XP XP

Mensagem por OTheRealPH em Qui Out 26, 2017 9:24 pm

Meu irmão gêmeo é retardado
• Não, sério, não é zoeira não, ele é retardado de verdade•




>  "Finalmente de volta à terra firme"- Essas eram as palavras que passavam por minha mente enquanto o piloto do avião nos avisava que já poderíamos sair. Hoje era o começo de uma nova etapa da minha vida que, seja para melhor ou pior, também envolveria o meu irmão.

Me levantando de meu assento, eu olho para o lado e vejo meu irmão fazendo algo um tanto peculiar: sendo útil e, ao invés de me causar problemas como sempre, ele estava facilitando minha vida(não muito, mas vamos combinar que eu esperava algo como ele gritar "Finalmente vou estar livre desses NPCs escrotos" ou algo assim) ao me entregar minha mala.

Saindo do avião, eu sabia que não ia demorar muito para ele começar a gritar, então tentei simplesmente ignorar o que ele dizia, até que, ao olhar para o lado, me encontro com ele indo numa direção aleatória procurando algo que eu ainda não sabia o que seria.

Eu tinha que ir atrás dele, afinal, se eu não fosse, quem sabe que tipo de merda ele faria? E o pior disso tudo: quem provavelmente ia levar a culpa seria eu, afinal se mesmo em Odense ainda haviam pessoas que se confundiam entre nós, imagina aqui em Tóquio.

Durante a caminhada vários pensamentos passavam pela minha cabeça, variando de "Se ele estiver procurando a desgraça de um rare candy achando que é um pokemon e que vai upar se comer ele, eu vou encher ele de porrada" até "Bem, pelo menos ele até que tá se comportando até agora".

Se eu acabasse vendo ele chamar uma pessoa aleatória de NPC, eu provavelmente apenas esperaria para ver a reação da pessoa, afinal tem louco pra tudo. Caso ela reagisse de forma agressiva, eu tentaria empurrar meu irmão do caminho de um possível ataque; caso fosse neutra, eu apenas me desculparia pela atitude dele enquanto estivesse passando e caso fosse amigável, eu tentaria ao máximo evitar aquela pessoa pelo resto de minha vida, afinal quem é que ficaria feliz por ser chamado de NPC?.

Caso conseguíssemos chegar ao destino do Ed sem ninguém estar com alguma coisa quebrada, eu inicialmente olharia ao redor tentando identificar pra que tipo de lugar ele havia vindo e, caso não, tentaria conter uma pequena risada enquanto observava meu irmão descontar sua frustração em seus arredores antes de perguntar:
-Mas, então, porque é que a gente tá aqui mesmo em?
avatar
Narrador
Mensagens :
127
Data de inscrição :
23/10/2017

OTheRealPH
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XP XP XP XP XP XP

Mensagem por Tensei' em Sex Out 27, 2017 7:47 pm

O avião que trazia os gêmeos logo pousou e não tardou para que ambos deixassem a aeronave, com Edward indo na frente com as malas e Sven logo atras, como sempre preocupado com as merdas que o irmão poderia fazer. O aeroporto era um lugar enorme e o fluxo de pessoas era tão intenso que mais parecia um formigueiro humano, por puro mérito do narrador a primeira pessoa que passou na frente do gêmeo mais novo foi um homem com a cabeça de uma formiga, no minimo peculiar diga-se de passagem. Depois de escutar as palavras de Edward ele pareceu pensar por um tempo e soltou sua resposta -Shisshsishsihsih- Sim, ele falava na "língua das formigas" e por isso nenhum dos irmãos conseguiu entender nada do que fora dito.

Deixando o homem-formiga para trás o irmão mais novo se pôs a xingar o narrador de sua vida, lamentando por não conseguir achar uma barraca de rāmen. Enquanto isso Sven começou a olhar em volta buscando saciar sua curiosidade por estar em um novo pais, e foi exatamente essa curiosidade que o fez enxergar um grande cartais escrito "Rāmen barato AQUI!!!". Os irmãos se dirigiram até o estabelecimento, o local era uma pequena barraca logo na saída do aeroporto e fora Edward e Sven não havia outras pessoas no estabelecimento. Um homem foi quem recebeu os irmão -O Ramen mais barato esta saindo por 15$ cada um, logo 30$ para vocês dois.- Ele falou e logo se retirou para preparar a comida.

Menos de 30 segundos depois ele voltou, mas parecia diferente e não usava o colar de perolas de antes -Vocês já foram atendidos?- Ele questionou os gêmeos e logo outro ser idêntico saiu da cozinha -Ei seu merda, eu já atendi eles!- Sim, eram dois irmãos gêmeos e aparentemente o relacionamento deles não era diferente do vivido por Edward e Sven -Então vá preparar essa droga, vou conversar com eles.- O segundo que chegou disse, e logo o primeiro voltou para a cozinha -Então, oque fazem aqui?- Ele questionou e aguardou uma resposta.

Off:
Sim, eu sei que ficou uma merda. Mas vai melhorar, prometo. Como não tem muitos "objetivos"
vou fazer uns post de conversa antes de começar com alguma ação blz? Qualquer coisa MP.
avatar
Narrador
Mensagens :
14
Data de inscrição :
22/10/2017
Idade :
27
Localização :
Olhe para trás ..

Tensei'
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XP XP XP XP XP XP

Mensagem por dragonmbr em Sex Out 27, 2017 8:40 pm

Após perguntar para um homem com cabeça de formiga e descobrir que ele só falava a linguagem das formigas falaria em dinamarquês para o narrador -Serio? Linguagem das formigas? Tu fumo ? Qual a peculiaridade do cara? Controlar um exercito de formigas? Encolher ou ficar grande?-. Após ofender o narrador eu tive sucesso em achar a barraquinha de Ramen . -Porra! Custava nada fazer eu achar facilmente? Queria fazer seu post ficar maior? - Novamente falaria c om o narrador em dinamarquês.

Achando a barraquinha de Ramen fiz meu pedido, já que o preço era muito barato. Enquanto esperava a comida me sentaria em um banquinho em frente ha barraca e veria o NPC sair e voltar. De inicio não tinha notado nada, mas assim que o NPC falou “-Vocês já foram atendidos?-“ Eu começaria a duvidar. "É o mesmo NPC? Ou será que é um NPC com a peculiaridade de copiar aparência?" Pensaria confuso. Felizmente minhas respostas foram respondidas assim que vi o outro NPC, dessa vez era o mesmo NPC que havia me atendido a pouco, eles eram gêmeos. Sem poder conter os risos falaria em japonês para meu irmão -Esta vendo Sven? Narrador fico com preguiça e deu Ctrl C ctrl V no mesmo NPC-.

Os dois irmãos NPCS meio que brigaram e decidiram que um iria cozinhar e o outro conversar conosco. Daria de ombros e Responderia o NPC que tem a função de encher linguiça -Meu irmão decidiu virar herói, tipo aqueles que vestem cueca por cima da calça e capa. Como Sven é o único jogador que eu conheço decidi seguir o mesmo destino que ele, mas minha cueca eu vou querer por debaixo da calça. - Após isso perderia o interesse nesse NPC, deixando meu irmão conversar com ele. Estaria mais interessado no NPC que estava fazendo a comida e não no NPC que o narrador colocou para encher linguiça.

Caso o meu irmão falasse que o motivo de não ter estudado para ser herói na Dinamarca foi graças a minha fama eu responderia - A culpa não é minha se os NPCS se ofendem com a verdade- Quando a comida viesse eu pagaria por minha refeição e comeria. Se o gosto fosse bom eu comeria rapidamente e arrotaria quando terminasse pondo as duas mãos na barriga em um sinal de que estava cheio, após isso esperaria por meu irmão que provavelmente ainda estaria comendo. Caso a comida não estivesse com o gosto agradável eu falaria em dinamarquês para o narrador -Porra velho! Custava fazer essa merda com o gosto bom? Tá de sacanagem?- Mas mesmo que não gostasse do gosto não desperdiçaria comida, comeria tudo, mas não seria com a mesma paixão. Quando terminasse de comer olharia para meu irmão e falaria -E agora quer fazer o que?-
avatar
Narrador
Mensagens :
66
Data de inscrição :
23/10/2017

dragonmbr
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XP XP XP XP XP XP

Mensagem por OTheRealPH em Dom Out 29, 2017 11:19 am

Um garoto, uma barraca e uma tigela de ramen
• Nossa que referência mais ínFame, parece até que eu sou o Segundo Filho não é mesmo? •




>  Eu tinha que admitir, ver um homem com uma cabeça de formiga não era lá algo muito normal e eu não sabia muito bem como reagir, até que o idiota do meu irmão começou a insultar o cara sem motivo. O que será que ele tem na cabeça pra achar que precisa ficar insultando todo mundo que conhece. Caso eu percebesse que o homem poderia ter se sentido insultado, eu me desculparia com ele e continuaria a busca pela barraca de ramen com meu irmão.

Com pouco tempo nós havíamos finalmente encontrado uma pequena barraca sem nenhum outro cliente ainda perto do aeroporto, sendo recebidos por quem parecia ser o dono do lugar. Não é como se eu planejasse gastar muito dinheiro logo agora que acabamos de chegar na cidade então, assim como meu irmão, eu também pedi o ramen mais barato. Tudo parecia normal, pois após ter pegado nossos pedidos, o homem havia se retirado para a cozinha para prepará-los, porém o que eu vi foi ele voltar quase que imediatamente, nos perguntando se já havíamos sido atendidos. Porém ao ouvir ele discutir com quem estava na cozinha, eu entendi o que estava acontecendo facilmente: eles também eram gêmeos, com o que estava aqui agora aparentemente interessado no motivo pra gente ter vindo aqui.

Antes que eu pudesse fazer qualquer coisa, meu irmão mais uma vez começou com aquela demência dele de chamar todo mundo de NPC e de culpar um tal de narrador, algo que eu até ficaria com raiva se não fosse o fato de que pelo menos dessa vez até eu achei um pouco engraçado. Escondendo um pequeno sorriso no canto de minha boca, eu falaria:
-Só ignora ele, ele é assim desde criança.
A gente veio pra cá tentar entrar na Yuuei por recomendação da nossa mãe.


Eu não estava particularmente com muita vontade de conversar naquele momento e não é como se eu fosse sair contando a história da minha vida aleatoriamente por aí, então eu apenas esperaria meu ramen chegar enquanto pensava no futuro, em tudo que eu poderia fazer caso entrasse na Yuuei. Ter aula com alguns dos melhores heróis da atualidade, aprender várias técnicas de combate e me tornar um melhor usuário da minha peculiaridade, nem mesmo o céu seria um limite, porém para isso, eu precisaria primeiro passar no exame de admissão do qual eu não fazia a menor ideia de quando seria ainda.

Quando meu ramen chegasse, eu o comeria devagar, prestando atenção ao sabor, afinal se o ramen dali fosse bom e a gente não morasse muito longe, a gente provavelmente acabaria indo comer ali frequentemente já que nem eu nem o Ed estávamos muito acostumados a cozinhar por nós mesmos.

Após terminar a refeição, eu pagaria e esperaria meu irmão terminar caso ele ainda estivesse comendo, logo em seguida falando:
-Pois é né, acho que a melhor coisa que a gente faz agora é procurar algum lugar pra morar. De preferência um barato pra gente não acabar com nossasa economias tão rápido.

Com isso em mente, eu perguntaria aos donos da barraca se eles sabiam de algum apartamento ali pelas redondezas com um preço acessível e, caso soubessem, me dirigiria para lá com meu irmão para inspecionar o local. Se eles não soubessem de nenhum, eu sairia pela rua perguntando o mesmo para algumas pessoas.

_________________
avatar
Narrador
Mensagens :
127
Data de inscrição :
23/10/2017

OTheRealPH
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XP XP XP XP XP XP

Mensagem por Henry em Ter Out 31, 2017 8:27 pm

Narradô badass
"Predestinado? Coisa de fracos para explicar suas derrotas. Cada um escreve sua própria história. Qual será a sua?"

START

C
omo duas pessoas amigáveis — ou não, em virtude das ações de Edward, que soavam agressivas para quem é que presenciasse as cenas. Isto fora o que rendeu sua má fama, que felizmente, ainda não era conhecida no local onde haviam acabado de chegar. Aparentemente, não demoraria muito para que todos o conhecessem como "Edward, o louco".

— Que popularidade vai ter desse jeito? Kishi kishi! Tenho apenas pena! - zombava o atendente que dialogava com os irmãos, obviamente dirigindo suas palavras para Edward — Mas se querem um apartamento bom, sugiro que sigam essa rua até que se deparem com uma pequena igrejinha. Logo a direita, vão encontrar um prédio. Se bem que... ultimamente as pessoas andam o evitando. Dizem que carrega uma má história. - apontava para a direção onde aconselhou ambos irem.

— Estou cansado disso! Da próxima vez, é você quem vai fazer essa merda de comida, também quero conversar! - agora, os outros dois outros irmãos gêmeos começavam a discutir entre si, e sequer davam bola para Edward e Sven. Deveriam decidir suas próximas ações.


avatar
Narrador
Mensagens :
31
Data de inscrição :
25/10/2017

Henry
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XP XP XP XP XP XP

Mensagem por dragonmbr em Qua Nov 01, 2017 11:05 am

O NPC parecia não gostar nem um pouco da minha atitude, e isso não me incomodo, o que me incomodo foi o fato dele se sentir superior a mim — Que popularidade vai ter desse jeito? Kishi kishi! Tenho apenas pena! – Olharia pra ele com um sorriso frio na boca e falaria em um tom zombeteiro, tentando conter um pouco da raiva em minha voz -Pena? Você nem tem sentimentos, só é um merda de NPC que só existe por minha causa ou por causa do meu irmão. Se nos afastarmos você deixa de existir, e muito provável jamais vai voltar, já que não vou voltar nem fodendo pra essa barraca de merda, aposto que seu irmão é muito melhor que você tanto na cozinha quanto na conversa. Por isso você o deixa isolado na cozinha, sabe que ele é melhor que voe em tudo!-.

Com meu humor já afetado a comida não teria o mesmo gosto, comeria apressado mal sentindo o gosto não via a hora sair dessa espelunca para nunca mais voltar. Enquanto comia falaria algumas palavras em dinamarquês “narrador de bosta”, “querendo tirar uma com minha cara”, “mal chego esse merdinha”. Enquanto comia e reclamava com o narrador ouvi o NPC cara de buceta falar de um apartamento com má fama.

-NPC cara de Buceta, vai dizer qual caralhos é a historia da porra do hotel? Já que você é a porra de um NPC que só existe para nos dar informação? Ou devido a uma deficiência mental não consegue nem conseguir cumprir a porra do motivo da sua existência?- Eu falaria “Educadamente” em Japonês para o NPC cara de buceta. Caso o NPC se recusasse a falar a historia do hotel eu falaria em dinamarquês em voz alta para o narrador -há vai tomar no cu, tu inventa a porra da historia e agora não quer falar? Que foi esqueceu a historia entre os post? -

Com o narrador fazendo o NPC responder a pergunta ou não, eu não queria mais ficar ali, olharia para meu irmão e falaria -Vamos para o maldito hotel!- Sem dar muito tempo para meu irmão pensar eu já me levantaria e iria em direção ao hotel o arrastando se necessário. Se o NPC tentasse me parar falando que não paguei eu olharia pra ele com desprezo e falaria -Que foi seu NPC cara de buceta? Esqueceu que já pagamos na troca de narradores? -. Indo em direção do Hotel eu tentaria não interagir mais com NPCS, meu humor não estava dos melhores, e sabia que interagir com NPCS só iria fazer ele ficar pior ainda. Apenas ficaria com os braços cruzados mantendo um rosto azedo ofendendo o narrador em um tom baixo de voz em dinamarquês. Tentando fazer meu humor melhorar com isso.

Caso eu fosse atacado, por meu irmão ou um NPC, eu tentaria escapar indo na direção oposto do atacante. No caso de ser meu irmão eu tentaria mante distancia dele. Se apesar dos meus esforços ele tivesse sucesso em me segurar, eu tentaria me manter firme resistindo aos puxões dele com toda minha força, me segurando em alguma coisa fixa ao solo ou as paredes se necessário. Se ele tentasse me calar eu morderia a mão dele. Minha resistência só iria durar até eu conseguir falar tudo que queria falar. Caso seja Algum npc que me atacou, tentaria me afastar dando pulos para trás em direção o lugar mais espaçoso que havia (porta se tivesse dentro da barraca) quando estivesse a 3 metros de distancia pararia para analisar melhor a situação.
avatar
Narrador
Mensagens :
66
Data de inscrição :
23/10/2017

dragonmbr
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XP XP XP XP XP XP

Mensagem por OTheRealPH em Qua Nov 01, 2017 2:25 pm

Eu achava que ele era retardado, agora acho que é suicida
• Somebody saaaaaaaaaaaaaaaaaaave me ♫ •




>  Enquanto ele continuava a insultar de novo e de novo a única coisa que passava pela minha cabeça era "É, desse jeito eu vou ter que ir pra outro país semana que vem já. Caralho Ed custava você se controlar um pouco?". Nós havíamos desembarcado do avião não fazia muito tempo e eu ainda não estava descansado o bastante pra aguentar ficar discutindo com o idiota do meu irmão enquanto ele fazia o que faz de melhor: merda. Eu sabia que quem ia acabar lidando com ela de uma maneira ou de outra iria ser eu mas fazer o que, quando ele fica de mau humor parece que a demência dele aumenta centenas de vezes e não importa o quanto eu tente afastar ele do motivo disso, ele ia acabar resistindo até falar tudo o que tivesse que falar.

Fala sério, porque é que ele não podia ser um ser humano normal? Ou nem isso, podia até achar que todo mundo é um NPC mas que pelo menos não saísse falando isso na cara das pessoas como se fosse o dono da verdade, mas isso não era o maior problema agora. Era certeza de que os gêmeos da barraca de ramen iam acabar putos de raiva da gente, bem, no mínimo um ia, eu apenas assumi que seriam os dois a partir do momento que ele teve a ideia de merda de insultar a barraca também e do jeito que as coisas estavam indo, uma luta não seria algo inesperado. Sem tempo a perder, eu fixaria meu olhar no gêmeo mais próximo de nós enquanto disfarçava continuando minha refeição. Eles dois não pareciam ser muito diferentes então caso eu soubesse mais ou menos o HP de um deles, o do outro não deveria estar tão distante.

Após meu irmão terminar aquela diarreia oral típica dele, caso nenhum dos gêmeos ali demonstrasse interesse em uma luta e estivessem apenas ofendidos, eu abaixaria minha cabeça e forçaria Ed a abaixar a dele também, falando:
-Desculpa, desde que a gente era criança esse retardado fica falando que todo mundo a não ser eu é um NPC e acaba se empolgando até demais nessas merdas que ele fala, mas certeza que lá dentro tudo que ele quer é que alguém preste atenção nele.

Caso eu determinasse alguma intenção por parte de um ou dos dois vendedores de ramen de transformar aquilo numa luta, eu puxaria meu irmão o mais longe possível dali que eu conseguisse, logo em seguida trazendo meu olhar de volta ao(s) inimigo(s), tentando terminar a obtenção de informações do gêmeo mais insultado.

_________________
avatar
Narrador
Mensagens :
127
Data de inscrição :
23/10/2017

OTheRealPH
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XP XP XP XP XP XP

Mensagem por Henry em Qui Nov 02, 2017 1:33 pm

Narradô badass
"Predestinado? Coisa de fracos para explicar suas derrotas. Cada um escreve sua própria história. Qual será a sua?"

START

A
quilo sem via das dúvidas tinha todo potencial para virar uma grande bagunça. Edward, como já era de se esperar, xingava a tudo e a todos. Sua ofensa ao vendedor era tão grande quanta ao narrador, ou talvez até maior, o que emputecia não aquele que atendia, mas sim o outro irmão, que havia preparado a comida.

— NPC? Você já pensou em ir pra um hospício, merda do caralho! Está perdendo o amor a vida? - seu punho cerrava, seu tom de voz aumentava, e seu braço se preparava para desferir um belo soco de direita na face de Edward.

— Polícia! Polícia! - gritava agora aquele que havia dado informações do hotel, chamando a atenção de um policial que passava por ali. Ao mesmo tempo, segurava o braço de seu irmão. — Estes dois meliantes estão enchendo o saco e atrapalhando meus fregueses! Tire eles daqui!

E, não tendo como negar o pedido daquele comerciante que há tempos tinha seu pequeno negócio naquela região, o policial com traços que mais pareciam de um unicórnio — com um vislumbrante chifre ostentando no meio de sua testa — agarrou cada um por um braço, e os puxou para longe dali.

Eles tinham duas opções. Causar intriga com o policial, e talvez acabar com a carreira que Sven planejava para sua vida, ou simplesmente abaixarem a cabeça e saírem dali. E, ofender um policial poderia dar uma encrenca e tanto.


avatar
Narrador
Mensagens :
31
Data de inscrição :
25/10/2017

Henry
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XP XP XP XP XP XP

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum