Últimos assuntos
» 1° Episódio: O retorno de Diamond e Swift!
por Monstro Hoje à(s) 12:10 am

» Tokyo Sexwale
por Okura Ter Fev 20, 2018 4:40 pm

» CRIAÇÃO DE PECULIARIDADES
por O Emperador Dom Fev 18, 2018 1:19 pm

» Feline Fury
por O Emperador Dom Fev 18, 2018 1:19 pm

» God’s Vision
por O Emperador Dom Fev 18, 2018 1:02 pm

» A Grande Mudança
por Shino7 Qua Fev 14, 2018 1:45 pm

» [FP] Yakuzo Shimada
por Yakuzo Shimada Ter Fev 13, 2018 10:06 pm

» REGISTRO DE FACECLAIM
por Yakuzo Shimada Ter Fev 13, 2018 9:43 pm

» Com grandes poderes vem grandes oportunidades!
por Yamazaki Raizo Sab Fev 10, 2018 2:02 am

» Apparition
por O Amaldiçoado Sab Fev 10, 2018 1:48 am

» The Line Bender
por O Amaldiçoado Sab Fev 10, 2018 1:48 am

» Know Why the Nightingale Sings?
por Bijin Seg Fev 05, 2018 12:09 pm

» SOLICITAÇÃO DE NARRADOR
por Bluesday Dom Fev 04, 2018 11:38 pm

» [PEDIDO DE MISSÃO] - Howker's
por O Mestre Dom Fev 04, 2018 7:59 pm

» [PEDIDO DE MISSÃO] - Howker
por O Emperador Dom Fev 04, 2018 2:39 pm

» [FP] Raegar Howker
por O Emperador Dom Fev 04, 2018 2:34 pm

» [FP] Raegar Howker
por O Emperador Dom Fev 04, 2018 2:34 pm

» [FP] - Nico Howker
por O Emperador Dom Fev 04, 2018 2:33 pm

» I - Two and a Half Women
por Ceji Sab Fev 03, 2018 3:35 pm

» Luz, Câmera e Ação.
por Wa_Shiranai Seg Jan 29, 2018 4:09 pm

Nombre apellido
Mejor héroe
Nombre apellido
Mejor Villano
Nombre apellido
PJ más activo
Parceiros

Élite 2/40

Are we brothers?

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Are we brothers?

Mensagem por Henry em Sex Nov 03, 2017 12:42 pm

Sayuri Zoldyck
"I am neither good nor bad, I am the absence of everything."

IL PROLOGO

R
astros de incêndio eram perseguidos pela garota, a fim de encontrar o sujeito responsável pela queima da casa. Ela corria e corria, até chegar numa área aberta onde demonstrava indícios de construções. Quando focou sua vista, pôde observar duas pessoas já no local: uma era claramente o incendiário, enquanto outra...

— Ki-llua! - ela estava prestes a gritar, quando tampou sua própria boca com as mãos, fazendo sair apenas um som abafado. Sayuri balançou a cabeça para lá e para cá, tentando retomar sua consciência, e então decidiu chegar mais perto se escondendo pelas construções. Precisava se aproximar.

Sua mente estava a mil. O que havia acontecido com Killua para que, neste tempo, ele passasse a se importar com as pessoas? Ele estava agora caçando vilões? E ele era louco de ficar frente a frente com um homem que provavelmente tinha a capacidade de lançar fogo? As coisas não pareciam favoráveis, mas Sayuri sabia que tinha o elemento surpresa.

— Venham e me sirvam! - sussurrou, enquanto suas mãos permaneciam no chão. Deste mesmo chão, poucos metros a frente e fora do alcance de vista dos outros dois presentes na cena, brotou dois seres esqueléticos do chão. — Defendam Killua e ataquem o oponente! - seu comando era claro, e as duas criaturas não negariam em obedecer, já que esta era suas únicas finalidades.

Enquanto um dos esqueletos correria e se postaria na frente do corpo de Killua, outro correria diretamente ao incendiário, como uma forma não só de ameaçá-lo como uma forma de força-lo a demonstrar o potencial de sua peculiaridade. Este avançaria primeiro, para que ficasse mais evidente que o outro estaria indo defender Killua, e não atacá-lo.

Sayuri estava louca para contatar seu irmão, isto era um fato. Mas, sua frieza permitia pensar melhor em momentos como estes, em que a emoção quer falar mais alto que a razão. Por isto, ela procurou se movimentar dentre as construções não terminadas para chegar o mais perto possível, e de preferência, no ângulo cego do incendiário — atrás dele.

Sayuri Zoldyck
HP: 50
ST: 50

avatar
Narrador
Mensagens :
31
Data de inscrição :
25/10/2017

Henry
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Are we brothers?

Mensagem por OTheRealPH em Sex Nov 03, 2017 7:12 pm

A brawl is surely brewing!
You're up!




>  Killua não se importava nem um pouco com o ferido que já estava presente no local, juntando um punhado de pedras e as atirando contra o incendiário numa tentativa de chamar a atenção dele, logo em seguida dizendo para o homem fudido ferido sair dali mas não chamar a polícia ainda, afinal, naquela situação ela provavelmente acabaria atrapalhando muito mais do que ajudando, aproveitando a chance para até mesmo provocar o seu adversário, tentando fazer com que, na raiva, seus ataques embora se tornassem mais poderosos, também poderiam ficar mais fáceis de se desviar.

Porém a resposta que ele teve daquele que ia se tornar a mais nova vítima do incendiário foi bem diferente do que ele esperava, com o homem apenas aproveitando essa chance para se levantar e, com toda a determinação e vontade que ainda estavam presentes no seu corpo, partir para cima do incendiário tentando acertar um gancho de direita nele, com o incendiário facilmente se esquivando do ataque e, pondo sua mão esquerda na frente do desconhecido enquanto o segurava com a mão direita, finalmente se preparava para dar um fim à sua vida enquanto o olhar de sua vítima ia de determinação ilimitada para um desespero aterrorizador em questão de instantes, com o futuro cadáver apenas gritando:
-Garoto, eu não consegui entrar na Yuuei, eu nunca fui bom em usar minha peculiaridade e nem mesmo consegui fazer algo de notável com a minha vida, mas talvez com você a história seja diferente, sai daqui antes que esse cara te ma...

Aquilo era um campo de batalha, e terminar uma frase era um direito reservado apenas para os mais fortes. Sem a menor cerimônia o incendiário expeliu um poderoso jato de chamas de sua mão, carbonizando a cara do azarado homem que havia, nos últimos instantes de sua vida, tentado dar a Killua mais alguns segundos para sair dali, com o incendiário logo em seguida falando com um sorriso sádico no rosto enquanto o virava lentamente na direção do garoto:
-Humph, alguém fraco assim achar que poderia se opor a mim. Até que ele desviava dos meus ataques um pouco melhor que aqueles policiais de merda, mas depois de experimentar alguns pequenos jatos de fogo nas pernas a confiança dele sumiu completamente, mas e você em garoto? Quanto tempo será que eu vou demorar pra te quebrar?

Enquanto o incendiário se dirigia a Killua, porém, algo que nenhum dos dois esperava aconteceu, com dois esqueletos aparecendo do nada, com um primeiro indo em direção ao incendiário e outro parando em frente a Killua, aparentemente querendo protegê-lo. Embora nenhum deles soubesse, Sayuri havia chegado no local a pouco tempo e, observando a situação em que seu irmão havia se metido, resolveu recorrer a isso para tentar virar aquela luta, mas o que veio a seguir foi chocante. O ataque do primeiro esqueleto foi mais uma vez, facilmente esquivado pelo incendiário, que logo em seguida agarrou-o pela cabeça e o arremessou em direção a Killua, felizmente sendo bloqueado pelo primeiro esqueleto, mas fazendo com que ambos ficassem com leves fraturas em seu corpo(RIP Ossada e Carbonildo full HP).

Mesmo com a aparição do que eram, essencialmente, mais dois inimigos para ele enfrentar, o sorriso no rosto do incendiário não havia mudado, com ele continuando a andar lentamente em direção ao garoto, falando:
-Então garoto, quer dizer que ou você está controlando esses esqueletinhos de merda, ou algum amiguinho seu está fazendo isso, não é mesmo? Bem, caso seja esse segundo caso, esse seu amiguinho está com sorte, pois logo logo ele vai ter um esqueleto novinho em folha para usar.

Sayuri:

HP: 50/50
SP: 40/50
Ossada e Carbonildo
HP: 9/12


Última edição por OTheRealPH em Dom Nov 05, 2017 5:19 pm, editado 2 vez(es)

_________________
avatar
Narrador
Mensagens :
127
Data de inscrição :
23/10/2017

OTheRealPH
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Are we brothers?

Mensagem por Killua em Sab Nov 04, 2017 1:35 pm


Zoldyck Family


Aquilo que aquele homem estava a fazer não era nem de longe heroísmo, muito pelo contrário, aquilo era burrice. A diferença de forças entre o Incendiário e sua vítima era um abismo gigantesco, o homem sequer sabia usar sua peculiaridade direito. - Yuuei? Não me faça rir, aqueles que saem de lá dizendo serem heróis deviam estar aqui te salvando agora. Mas se pergunte se tem algum herói aqui? Não e do jeito que são, esse fogaréu mequetrefe poderia fazer mais algumas dezenas de vítimas para no fim ser parado por um herói que vai ser lembrado para o resto da vida, enquanto os que morreram sequer serão lembrados. - Naquele momento, contemplei de longe a face do sujeito desaparecendo em meio ao fogaréu e sua vida se esvaiu rapidamente e o Incendiário voltava-se para mim. - Você não passa de um assassino fajuto. Eu, um Zoldyck, vou lhe ensinar como se mata alguém de verdade... - Quando eu me preparava para investir contra o grandalhão, surpreendia-me com duas novas aparições no campo de batalha, eram dois esqueletos que eu não fazia ideia de onde surgiram, mas pareciam ser amigáveis. Tentei procurar rapidamente o dono daqueles corpos, mas em vão.

Eu poderia tentar enganar o homem, alegando que minha peculiaridade era invocar aqueles esqueletos para, mais tarde, surpreendê-lo com meu real poder. - Esses esqueletos são meus servos e acredito que apenas eles bastam para acabar com você. - Blefei. Naquele momento eu estava em completa desvantagem, mesmo em número maior, aqueles esqueletos não eram resistentes, mas podiam servir de distração para um ataque direto. Contudo, poupei minhas energias e esperei que o Incendiário realizasse o primeiro movimento.


Status:
HP: 50/50
SP: 40/50




avatar
Civil
Mensagens :
21
Data de inscrição :
24/10/2017

Killua
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Are we brothers?

Mensagem por Henry em Dom Nov 05, 2017 2:32 pm

Sayuri Zoldyck
"I am neither good nor bad, I am the absence of everything."

IL PROLOGO

J
á atrás do alvo, oculta dentre construções não terminadas e entulhos, Sayuri procurava qualquer coisa que lhe fosse útil para combate. Seja algo capaz de protegê-la do fogo, como algo que ela pudesse atirar, ou simplesmente usar para combate corpo-a-corpo. E nas mãos daquela garota, muita coisa lhe seria útil.

Podia ouvir seu irmão blefando sobre o uso dos seres esqueléticos, e isto foi o bastante para perceber o quanto Killua estava encrencado, pois jamais diria isto se tivesse certeza de que levaria aquele combate. Cerrou os dentes por não ainda estar em campo de batalha, mas precisava de algo para que não fosse um simples estorvo.

Quanto aos esqueletos, eram guiados por comandos, mas eram eficientes em efetuar os comandos dados com certa eficácia. Cogitando a possibilidade de um ataque de fogo contra Killua, se posicionaram um a frente do outro, como se ambos os seres usassem seus corpos de escudo para manter ileso o corpo de Killua.

— Isto está ficando feio pro nosso lado. - sussurrou para Joseph, enquanto pensava numa estratégia.

Sayuri Zoldyck
HP: 50
ST: 40

avatar
Narrador
Mensagens :
31
Data de inscrição :
25/10/2017

Henry
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Are we brothers?

Mensagem por OTheRealPH em Dom Nov 05, 2017 6:07 pm

You pressed the Goku button
• You shouldn't have did that•




>  O combate começava e os irmãos Zoldyck não estavam exatamente sendo muito produtivos. Enquanto Sayuri pelo menos procurava escondida algo que pudesse lhe ser útil, Killua apenas ficou parado (igual demente) esperando o incendiário fazer o primeiro movimento, nem mesmo pensando em como ele iria reagir ao que seu inimigo fizesse.

Sem o menor aviso, o incendiário partiu em alta velocidade para cima de Killua, jogando os esqueletos para o lado com seu braço esquerdo e, com o punho direito parcialmente revestido por suas chamas, acertou um poderoso soco no estômago do garoto, o fazendo recuar cerca de 10 centímetros e ficar brevemente sem ar.

E aquilo ainda estava longe de parecer algo sério para o incendiário. Seu sorriso ainda continuava em seu rosto e sua expressão sádica se encontrava ainda mais acentuada. Ele não iria matar o garoto tão rápido, afinal, se ele realmente quisesse isso, ele apenas teria o segurado depois de seu último golpe e teria soltado um jato de fogo na cara indefesa do garoto. Não, ele queria torturá-lo primeiro, fazê-lo desejar estar morto e, finalmente, quando o garoto já não tivesse mais a menor condição de revidar, ele iria matá-lo.

A sede de sangue do incendiário era sentida por todos ao seu redor, enquanto Sayuri continuava procurando toda e qualquer coisa que pudesse lhe ser útil, sabendo perfeitamente o quão ruim a situação estava para eles dois. Felizmente para a garota, em meio ao material de construção, ela acabou encontrando algo que, se usado direito, poderia ser de grande ajuda naquela luta: um perfurador de solo.

Perfurador de Solo:

Status:

Killua
HP: 45/50
SP: 40/50

Sayuri
HP: 50/50
SP: 40/50

Ossada e Carbonildo:
HP: 7/12

_________________
avatar
Narrador
Mensagens :
127
Data de inscrição :
23/10/2017

OTheRealPH
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Are we brothers?

Mensagem por Killua em Seg Nov 06, 2017 12:50 pm


Zoldyck Family


Após um forte soco no estômago do Incendiário, pude ler um pouco dos seus movimentos, a maneira com que me atacava, ele realmente me subestimava (talvez por minha aparência jovial e "inofensiva"), seu ataque direto apenas mostrou o quanto ele duvidava do meu poder . - Confesso que esperava mais de um golpe seu... - Levantei a cabeça devagar e sorri com o canto da boca para o homem. - Aqueles que você matou eram mesmo fracos, você não lutou com um oponente à altura ainda, né?! - Ainda me preocupava com o dono daqueles esqueletos, não sabia onde ele estava ou se ia se mostrar durante aquela batalha.

Aproveitei o curto tempo que tinha para procurar alguma rede de alta tensão perto daquele lugar, fios ligados a energia elétrica, postes ou coisas do tipo. Além disso, procurei por barras de metal grandes, afinal, em uma construção como aquela, não deveria ser difícil encontrar uma. Enquanto procurava esses objetos, fingi por alguns momentos baixar minha guarda, para poder receber propositalmente outro golpe do Incendiário. Contudo, diferente de antes, no momento em que ele tocasse meu corpo, eu estatizaria quase que por completo meu corpo, fazendo com que eu me "grudasse" ao Incendiário. No momento em que isso acontecesse, aplicaria uma fina camada de energia por todo o meu corpo, para que ele não conseguisse me tocar por alguns segundos, que seriam suficientes para o que eu faria em seguida. Enquanto preso ao corpo do grandalhão, tentaria absorver a maior quantia de elétrons de seu corpo, como se eu estivesse recarregando minhas energias, contudo, eu tentaria polarizar a superfície de sua epiderme positivamente (como eu estava tirando os elétrons, ele fica apenas com prótons e neutrons, polarizando-o positivamente por algum tempo). Aquilo não ia durar por muito tempo, já que o próprio corpo dele iria equilibrar a falta de elétrons em alguns minutos, mas aquele curto tempo poderia servir para algo.


Status:
HP: 45/50
SP: 40/50




avatar
Civil
Mensagens :
21
Data de inscrição :
24/10/2017

Killua
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Are we brothers?

Mensagem por Henry em Qua Nov 08, 2017 1:35 pm

Sayuri Zoldyck
"I am neither good nor bad, I am the absence of everything."

IL PROLOGO

K
illua havia sofrido um golpe que parecia ter doido em Sayuri, preocupada com seu irmão. Suspirou de alívio quando o viu reagindo de uma forma positiva, ou talvez imprudente, provocando aquele que tinha atributos muito mais forte que os seus. Mas ele parecia procurar algo, e precisava de cobertura para não sofrer nenhum outro golpe inesperado. Para isto, ela sabia muito bem que poderia contar com a sua dupla de entidades esqueléticas, que embora já fragilizadas, aguentavam mais algum tempo em luta.

O primeiro esqueleto avançaria contra o incendiário, não deixando que ele viesse a se aproximar de Killua. Sendo dotado das mesmas habilidades físicas de Sayuri, seria capaz de um combate corpo-a-corpo intermediário. Sua tentativa seria um jab de esquerda — um golpe para manter o adversário a distância, dando abertura para a sequência — e um direto de direita — o verdadeiro golpe, com toda a sua força — visando o seu queixo, onde poderia atordoá-lo.

O segundo ficaria ali como um obstáculo entre o caminho do incendiário a Killua, onde ficaria ali até que o incendiário avançasse, no momento em que o garoto elétrico aparentasse abrir aberturas. O esqueleto simplesmente defenderia do golpe que provavelmente seria focado a ti, jogando seu corpo pro lado ao mesmo tempo, para cair no chão e usar isto como um elemento surpresa. Até aquele momento, o incendiário havia menosprezado a capacidade dos esqueletos, e era mais provável que seu ataque fosse um simples "empurrão" pra tirar o esqueleto do caminho. Já assumindo uma posição de defesa, poderia reduzir os danos a quase zero.

Após Killua ter executado seu combo, o mesmo esqueleto que havia se jogado no chão — ou aquele que havia ido para cima do incendiário, já que qual dos dois era indiferente, apenas priorizando aquele que estava mais perto — abraçaria o incendiário na intenção de imobilizá-lo, e se sacrificar ao mesmo tempo, pois este ataque poderia ser o último.

Sayuri estaria segurando o perfurador de solo, e correndo rapidamente em direção ao incendiário, com a ponta do instrumento estando alinhada com o estômago do inimigo. O ligaria nos últimos instantes, antes de se aproximar do alvo. Embora não estivesse ciente disto, o alvo estar polarizado positivamente seria capaz de atrair o objeto metálico que usava como arma contra seu próprio corpo, reduzindo drasticamente suas chances de esquiva.

— Oi, irmãozinho. - diria Sayuri a Killua, de uma maneira até que sarcástica, esperando ver a reação do garoto. A filha da escuridão se afastaria, procurando se esconder atrás de um dos esqueletos, se é que eles ainda estavam de pé.

Sayuri Zoldyck
HP: 50
ST: 40

[/quote]
avatar
Narrador
Mensagens :
31
Data de inscrição :
25/10/2017

Henry
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Are we brothers?

Mensagem por OTheRealPH em Qui Nov 09, 2017 3:01 pm

だいじしゃくけいかく
• Azedou •




> Mesmo após tomar um golpe certeiro do incendiário, Killua continuava confiante, até mesmo provocando mais uma vez seu oponente enquanto ganhava tempo para procurar alguma rede de alta tensão e materiais metálicos próximos, fingindo baixar sua guarda para receber outro golpe do incendiário, que aproveitou essa oportunidade para mais uma vez acertar o garoto com um soco revestido por suas chamas, mas diferente da primeira vez, o garoto aproveitou essa chance para estatizar seu corpo, grudando no incendiário brevemente e, aplicando uma fina camada de energia em seu corpo, o garoto passou a tentar absorver a maior quantidade de elétrons que conseguisse do corpo de seu oponente, parando ao ser interrompido por uma tentativa aliada de separá-los. Ele sabia que isso não iria durar muito tempo, mas uma coisa que ele esqueceu é que agora ele estava dotado de uma carga negativa num lugar cheio de coisas metálicas e, antes que ele pudesse fazer qualquer coisa, uma barra de metal de aproximadamente 30 centímetros veio voando em direção à sua perna direita, batendo violentamente e grudando em sua canela, fazendo com que o garoto ajoelhasse brevemente no chão.

Enquanto isso Sayuri via a situação toda de seu esconderijo, ordenou Ossada e Carbonildo a agirem, com um indo em direção ao incendiário, desferindo um jab de esquerda para tentar afastá-lo do garoto e, em seguida, seu verdadeiro golpe, um direto de direita que visava acertar o queixo do incendiário que, mesmo com sua rápida reação, não conseguiu desviar completamente do golpe, apenas evitando ser atingido onde seu oponente queria e, tendo tomado um soco direto em sua face, acabou recuando dois passos para trás; já o segundo esqueleto se dirigindo ao garoto, voltando a ser o escudo não tão humano assim de Killua.

Off cheio de coisa:
Ordem dos acontecimentos pra caso não tenha ficado muito claro:
Incendiário acertou o Killua
Killua grudou nele
Killua chupou os elétrons do cara
Ossada chegou
Ossada deu um socão de 180 graus no incendiário
Carbonildo deu o W+E do Braum no Killua

Killua
HP: 35/50
SP: 40/50(o que você gastou você chupou de volta)

_________________
avatar
Narrador
Mensagens :
127
Data de inscrição :
23/10/2017

OTheRealPH
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Are we brothers?

Mensagem por Killua em Qui Nov 09, 2017 4:09 pm


Zoldyck Family


Após uma falha tentativa de ataque contra o Incendiário, talvez pudesse tentar mais algumas coisas contra ele. A barra que, tempos atrás, havia me atingido na perna, polarizei-a com cargas negativas e arremessei contra o grandalhão, ela seria atraída para seu corpo e me daria um pouco de tempo para o que eu tentaria a seguir. Continuei abaixado e abri a palma de minhas mãos contra o solo, canalizei toda aquela energia que tinha absorvido do incendiário e um pouquinho a mais da que eu tinha em minhas reservas. Em um golpe súbito, descarreguei toda a energia que canalizei, tendo em mente que bastava algum mineral no subterrâneo para intensificar a onda de choque que eu liberara e, mesmo que não houvesse nenhum metal ali para atrair a eletricidade, o Incendiário estava carregado positivamente e toda a minha energia seria canalizada direto através de seu corpo (se ele estivesse descalço e espero que esteja, vai tomar uma descarga elétrica bem grande também). Como o corpo do homem não apresenta nenhum resistor, aquilo era praticamente como colocar um pedaço de metal na tomada e encostar no chão sem isolante elétrico, ele acabaria tomando um dano considerável. Pensando que o grandalhão pudesse pular para desviar do ataque, canalizei uma energia extra para que a eletricidade subisse, como se fosse um verdadeiro raio que, ao invés de cair, sobe.

Ainda não tinha noção do dono daqueles esqueletos, mas deveria agradecê-lo, visto que aqueles humanoides haviam me salvado um bocado de vezes naquela batalha . Precavi-me para um contra-ataque do Incendiário, caso viesse para cima de mim, energizaria meu corpo e correria mais rápido, buscando desviar de seus golpes e atacá-lo a curtas distâncias com pequenos raios, no intuito de afastá-lo.


Status:
HP: 35/50
SP: 40/50




avatar
Civil
Mensagens :
21
Data de inscrição :
24/10/2017

Killua
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Are we brothers?

Mensagem por Henry em Qua Nov 22, 2017 2:21 pm

Sayuri Zoldyck
"I am neither good nor bad, I am the absence of everything."

IL PROLOGO

I
ndependente das estratégias que bolavam, elas eram sempre dribladas pelo incendiário, que se demonstrava sempre um passo a frente. Este conseguia se sair na melhor mesmo contra uma desvantagem numérica, o que era preocupante, se mostrando superior aos dois que buscavam justiça, embora cada um trabalhava com um motivo diferente. Killua apenas demonstrava ter um forte senso de justiça, além de crítico do sistema atual, enquanto sua irmã estava ali apenas pelo dinheiro.

Era perceptível que Killua queria tempo, já que estava se abaixando sobre o solo e se concentrando. Sayuri sabia que, agindo como suporte até o presente momento, deveria continuar cumprindo com sua responsabilidade. Para isso, contaria com a ajuda de seus dois fiéis soldados esqueléticos. A sua mais pura e sincera intenção seria o suficiente para movimentá-los.

Aquele que havia partido pra ataque corpo-a-corpo antes, permaneceria no mesmo estilo de combate. Socos rápidos e sempre visando a região do queixo, seria seu único objetivo - naquela área, um golpe efetivo seria o suficiente para atordoar um alvo. Não só isto, como aproveitaria o fato de não sentir dor para que pudesse aproveitar alguma brecha no momento que fosse atacado para agarrá-lo, ou então acertar algum golpe.

O que protegia Killua estava apenas parado, esperando que o oponente viesse, caso o primeiro esqueleto fosse falho. Este guardava uma carta na manga. Se o incendiário usasse de seus poderes, o seu próprio corpo seria o suficiente para proteger Killua, mesmo que se sacrificasse no processo. Isto faria com que o incendiário avançasse, porém, ele não deixaria que isto acontecesse: caso ele ameaçasse se aproximar, um feixe de energia escura seria disparado pelo seu indicador, se mostrando um ataque surpresa, já que em nenhum momento os esqueletos demonstravam tal capacidade.

Sayuri Zoldyck
HP: 50
ST: 40

avatar
Narrador
Mensagens :
31
Data de inscrição :
25/10/2017

Henry
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Are we brothers?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum